quarta-feira, 25 de junho de 2014

Polícia x Comunidade


As imagens existem e comprovam as agressões de policiais, tem que investigar. Um vídeo publicado em uma rede social mostra um suposto abuso de poder por parte de policiais militares em uma ação na Avenida Deputado Esteves Rodrigues, região central de Montes Claros, na noite dessa segunda-feira (23), logo após o final da partida entre Brasil e Camarões.

De acordo com a PM, a corporação foi acionada para atender uma ocorrência de perturbação de sossego. Um grupo estaria incomodando os demais moradores com o som alto de um carro estacionado em um posto de gasolina.

“Os policiais pediram para que o dono do carro desligasse o som e ele prontamente atendeu, mas outras pessoas, que também estavam no lugar, não concordaram e insuflaram a multidão a insurgir contra os militares”, afirma a capitão Graciele Rodrigues.

Ao todo 16 pessoas foram detidas por desacato e dano ao patrimônio público. A PM calcula que cerca de 500 pessoas estavam no local no momento do incidente.

A ação foi registrada por um internauta que disse em sua página em uma rede social: “Acabei de ter certeza que os policiais de Montes Claros estão despreparados e desacostumados a agir em situações de grande publico, chegando a nos amedrontar diante sua ação de completo e claro abuso de poder”.

Ainda de acordo com o internauta, que preferiu não se identificar, ao realizar a filmagem, os policiais ordenaram a outro jovem que desligasse o aparelho. “não acatando foi agredido e ferido gravemente pelo policial. Fico triste em ver nossa ‘segurança’ agir desta forma, e espero que algo seja feito para que isso não ocorra mais”, diz.

A polícia informou que para conter o tumulto foi necessário usar balas de borracha, gás lacrimogênio e de pimenta. “Algumas pessoas jogaram garrafas, pedras e pedaços de meio fio contra os policiais e as viaturas”, afirma Graciele Rodrigues.

Sobre os possíveis excessos cometidos pela polícia durante a ação, a capitão disse que “caso seja detectado algum abuso, será instaurado um procedimento administrativo.”

VEJA O VÍDEO AQUI

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário